Ele é lindo, sortudo e cheio de personalidade

Conversamos com a Flávia Canella, tutora do  Macintosh Canella (@mac_canella), para saber mais da  relação de carinho dos dois, e também sobre a carreira de sucesso como Dog model do nosso ganhador. Sim! Ele é dog model.

 

A profissão do MAC – que também é conhecida como Pet Influencer – vem se mostrando uma verdadeira febre nas redes sociais, como Instagram e Tik Tok; os perfis são comandados pelos tutores, que compartilham o dia a dia e as experiências de seus bichinhos com as marcas e produtos do mercado pet. Em troca, os animais ganham brindes (próprios da marca), petiscos, brinquedos e, algumas vezes, até cachê pelo trabalho.

 

 

Flávia Canella é a tutora deste pequeno notável. Ela nos contou um pouco sobre a história e a carreira do MAC, que agora ganhou um aliado potente e funcional para a hora da secagem. Ela diz que sempre quis ter um cachorro; apesar dos seus outros vários animais de estimação.
A Inspiração veio em uma feira de animais locais, quando viu um Schnauzer e se apaixonou pela raça.
“Eu saí da feirinha quase chorando porque queria um cachorrinho daquele, mas sabia que deveria pesquisar sobre a raça e achar um bom criador. Fiquei mais ou menos uns dois meses procurando. Quando eu cheguei no criador selecionado, e cheguei perto da ninhada, o Mac já veio correndo na minha direção. E foi ele que me escolheu. Desde então, somos super ligados, fazemos praticamente tudo juntos”

A escolha do nome, MACINTOSH, tem relação com a profissão de Flávia: ela é designer gráfico e, assim como a maioria dos profissionais da sua área, utiliza muito os computadores da marca (que tem o mesmo nome) da Apple. Steve Jobs, criador da marca havia falecido no mesmo ano do nascimento de MAC; logo a escolha se tornou óbvia

A carreira de MAC começou “sem querer”. Flavia, que também trabalha na área pet, fazendo festas de aniversário e eventos para cães, o levava sempre junto em muitos eventos  fotográficos. Assim, ele se acostumou a posar para fotos. 

Ela conta que começaram as ideias de “looks” e temas e ele sempre mostrou se divertir nas sessões. “Foi assim que comecei a investir nisso, inclusive como atividade / diversão para ele”

 

Quando perguntamos sobre a atividade de dog model, Flavia explica que a raça não influencia muito para o trabalho, desde que seja respeitada a personalidade do cão. 

O MAC já é bem obediente e fez adestramento desde filhote (isso auxilia muito). 

“Também é preciso conhecer o animal para saber o que poderemos fazer com ele. Tem cachorro que gosta de determinadas coisas, outros não. O MAC é ‘comprado’ com comida, então faz qualquer coisa para ganhar um petisco. Outros respondem melhor com brinquedos ou sons diferentes.”

No caso do MAC algumas coisas precisam ser observadas, como a tosa. Às vezes a marca que contrata um dog model quer que ele esteja mais peludo ou tosado, então tudo isso precisa ser organizado. 

Além disso, outro item importante é organizar a oferta de água e comida, claro, nenhum cão pode ficar sem, mas o que tem a barba peluda, durante as sessões de foto devem receber água no squeeze (sim, ele está acostumado) para que a barba não fique molhada e escura.

 

 

O Mac ainda tem um groomer que sempre faz a tosa dele. Na verdade, o schnauzer precisa de uma tosa específica, chamada hand stripping, na qual é usada a mão (ou outro equipamento como faca e pedra) para remover os subpelos, desde a raiz – esta é a maneira correta de manter a pelagem e a saúde deles. Esse tipo de raça não faz a troca de pelos naturalmente, então, precisa da ajuda do groomer.

 

Foi convivendo com alguns groomers e profissionais da área, que Flávia acabou aprendendo como fazer a manutenção da tosa de MAC em casa, no intervalo entre uma sessão de fotos e outra. “Sempre estou por dentro de materiais e equipamentos. Também costumamos ir a eventos da área pet e com isso acabo sempre vendo o que tem no mercado pet.”

 

Foi assim que ele acabou sendo marcado por uma amiga na postagem do evento de lançamento do Magno e ganhou!

 

O MAC adorou o presente, como podemos ver nas fotos Segundo Flávia “ele queria que o secador fosse uma coxa de dinossauro, mas eu disse para ele que era para ficar bonito nas fotos precisa usar bons produtos e equipamentos”

Garoto de sorte! 😊

O Magno com certeza facilitou a vida da Flávia e do MAC, pois reduziu o tempo de secagem e preparo do astro, deixando mais espaço livre na agenda dele para brilhar nos cliques! 

O Magno foi o melhor presente que ganhamos nos últimos tempos, mais importante que isso é ter a oportunidade de proporcionar tudo o que é melhor para o MAC.”

Fonte: Flávia Canella