Quais são os possíveis efeitos de não se ter funcionários em pet shop que sejam realmente qualificados? Pior ainda, que não possuem destreza para trabalhar diariamente com o animais… Confira algumas dicas para evitar o erro na hora de selecionar um profissional para sua pet shop.

Em uma pesquisa recente que a Kyklon realizou com mais de 300 pet shops em todo o Brasil, uma das maiores preocupações dos empresários deste segmento, foi em relação à dificuldade em contratar profissionais qualificados neste mercado.

Quais são as consequências de não ter funcionários em pet shop adequados para desempenhar atividades? Podemos relacionar várias, mas gostaria de ressaltar 3 que interferem diretamente nos resultados da empresa.

A primeira, é a menor qualidade do serviço prestado, tanto no atendimento da clínica veterinária, quanto dos serviços de estética animal, que vai impactar diretamente na satisfação dos cuidadores do pet.

A falta de habilidade ou conhecimento nos serviços prestados pelos profissionais pode acarretar em maus tratos para o pet.

A insatisfação dos cuidadores é motivo para eles mudarem de prestador de serviço, e o pior, é que na maioria das vezes o dono da pet shop nem ficará sabendo, gerando perda de clientes e redução da receita.

A segunda consequência é a baixa produtividade funcionários em pet shop, resultando na redução das receitas e da lucratividade para a empresa, no aumento do tempo de espera para os cuidadores e maior stress para os próprios pets.

Além do impacto direto que o empresário tem pelo fato de atender a um número menor de clientes, pode ainda, perder clientes pela insatisfação em relação ao tempo de espera elevado e pelo maior sofrimento dos pets.

A terceira é o alto índice de retrabalho em função de erros cometidos no atendimento.

Profissionais com uma qualificação inadequada gera uma quantidade maior de erros, seja no atendimento dos clientes na loja, como também, no manuseio dos pets e utilização dos equipamentos utilizados e no correto diagnóstico e tratamento clínico.

O maior impacto aqui é para os empresários que acabam despendendo muito mais para corrigir os erros, aumentando suas despesas e reduzindo suas margens de lucro.

Pensando em reduzir este problema, quero propor duas ações para você contratar funcionários em pet shop mais qualificados.

Para contratar melhor você deve:

1) Traçar o perfil do profissional que você quer antes de ir buscar no mercado

Estabeleça quais são as competências essenciais do profissional que você quer. Estas competências são definidas em função dos conhecimentos, habilidades e atitudes indispensáveis a este profissional. Por exemplo, se você precisa contratar um profissional que vai trabalhar no banho e tosa, você pode definir como perfil:

a) Conhecimentos: manuseio de sopradores e secadores, técnicas de como banhar animais;
b) Habilidades: paciência e compreensão do comportamento animal;
c) Atitudes: disposição para o trabalho, bom humor, estar aberto a mudanças e saber aceitar as críticas.

2) Definir um processo de seleção profissional

Uma vez definido o perfil do profissional que deseja contratar é preciso seguir um processo de seleção que seja profissional, onde serão avaliados, além do currículo, formação e experiência, os aspectos de habilidades e, especialmente, de comportamento e atitude.

A maior parte das falhas ocorridas na contratação estão relacionados a motivos comportamentais e de atitude. Colaboradores que não se ajustam à equipe, falta de comprometimento, resistência à mudança, entre outros.

Defina como será feito este processo de seleção, entrevistas e testes realizados e não negligencie o processo, mesmo que um profissional seja indicado por alguém conhecido.

Este é outro grande problema no processo de contratação, a indicação. A indicação é sempre bem vinda, no entanto, o candidato deve passar por todo o processo e se encaixar no perfil desejado.

Na minha opinião, o mais importante a ser observado em um processo de contratação são as atitudes dos candidatos.

O conhecimento e as habilidades necessárias, mesmo que o candidato não os tenha, é mais viável e rápido o seu desenvolvimento, no entanto, a falta de atitude e comportamentos inadequados são mais difíceis e demorados para mudar.

Ainda quer mais dicas sobre gestão de pet shops? Clique aqui para saber quais são os cinco pilares de sucesso de uma pet shop!

Ao adotar estas duas ações no seu processo de contratação de funcionários em pet shop, você vai aumentar a probabilidade de contar com profissionais mais adequados na sua empresa e, certamente, vai evitar muitos contratempos e problemas futuros. Agora é com você.

Paulo Gerhardt
Empresário, Coach, Escritor e Palestrante.
Proprietário da empresa Solbiz Resultados Superiores